Duplamente Aprisionado

Meu amigo Aníbal era culpado. Ponto final. Eu o conheci no Brasil. Eu conheci também o meu amigo Daniel que havia dado uma Bíblia a Aníbal. E ele me levou a Aníbal para contar a ele sobre Jesus. Focalizamos na cruz. Falamos sobre culpa e perdão. Seu coração foi tocado enquanto falávamos do céu, uma esperança que nenhum carrasco podia tirar dele. Mas, quando falamos em conversão, o rosto de Aníbal endureceu. Ele nunca havia se recuado diante de nenhum homem, e não estava disposto a fazê-lo agora.

“Você não quer ir ao céu?” eu perguntei. “Claro”, ele resmungou. Mas, os olhos que eu vi não estavam cheios de lágrimas – eram os olhos de um detento raivoso. Duplamente preso. Uma vez por causa de assassinato, e uma vez por conta de teimosia. Jesus disse, Bem aventurados aqueles que sabem que estão em apuros e têm bom senso o suficiente para reconhecer isso (Mateus 5:5). Aníbal não queria… mas a minha oração é que nós iremos querer.

Tradução de Dennis Downing
Em Inglês: “Twice Imprisoned”
de “O Aplauso do Céu”
Max Lucado • Instagram

Max Lucado é o autor do devocional “Max Diário”, Copyright © 2021, Max Lucado. Traduções por Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (NVI), da Sociedade Bíblica Internacional, salvo indicação em contrário.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Assine o Devocional
Max Diário

DEVOCIONAL DIÁRIO