As Leis do Farol

Por muitos dias, dois navios de batalha pertencentes ao esquadrão de treinamento estavam no mar, em movimento estratégico, sob um forte temporal. Eu estava servindo no navio principal e estava vigiando a ponte de comando, quando a noite caiu. A visibilidade era ruim com toda aquela neblina espalha-da. Sendo assim, o capitão ficou na ponte de comando para ficar de olho em todas as atividades.

Logo depois da escuridão, o vigia na asa relatou:
— Luz girando a estibordo.
— Estável ou movendo-se para trás? gritou o capitão.

O vigia respondeu:
— Estável, capitão. — isso significava que estávamos em curso de colisão com o outro navio… Leia o resto de “As Leis do Farol”

, , , , , , , ,