O que agrada um pai

Quando nossas filhas eram novas, minha esposa Denalyn viajou por alguns dias e me deixou sozinho com as meninas. Embora o tempo não passou sem os conflitos típicos da idade e uma desobediência ocasional, o tempo passou bem.

“Como foram as meninas?” Denalyn perguntou quando chegou em casa. “Bem. Sem problema alguma.” Jenna me ouviu. “A gente não estava tão bem,” ela argumentou. “Nós arengamos uma vez; e uma vez não fizemos o que o senhor pediu. A gente não fez bem.”

Jenna e eu tínhamos percepções diferentes do que agrada um pai. Ela achou que dependia do que ela fazia. Eu não. Nós pensamos assim sobre Deus. Nós pensamos que o amor dEle sobe e desce de acordo com o nosso desempenho. Mas, não é assim. Eu não amava Jenna pelo que ela fazia. Eu a amava, e ainda a ama – por quem ela é. Ela é minha. Deus lhe ama pela mesma razão. Ele lhe ama por quem você é – e você é filho dEle!

Tradução de Dennis Downing
de “Dad Time”
em inglês “What Pleases a Father”

Max Lucado é o autor do devocional “Max Diário”, Copyright © 2021, Max Lucado. Traduções por Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (NVI), da Sociedade Bíblica Internacional, salvo indicação em contrário.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Assine o Devocional
Max Diário

DEVOCIONAL DIÁRIO