Terminando Bem

A corrida Cristã é desafiadora, desgastante e por vezes agonizante. É necessário um esforço maciço para terminar bem. Mas, muitos não conseguem. Eles podem ir aos cultos e esquentar um banco, mas seus corações não estão na corrida.

Em contraste, Jesus é o exemplo clássico de um que perseverou, apesar da tentação, acusações e vergonha. O diabo tentou Jesus sem parar por quarenta dias. A própria família de Jesus o chamou de lunático. E na cruz, ele carregou a vergonha coletiva de toda a humanidade. Como foi que ele perseverou? Focando na “alegria que lhe fora proposta” que era o prêmio do céu. E aquilo que ele viu o deu força para terminar, e terminar bem.

Um dia estaremos sentados e Cristo dará a bênção sobre aquela refeição com estas palavras: “Muito bem, servo bom e fiel!” E naquele momento a corrida terá valido a pena.

Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Finishing Strong”
de “Simplesmente Como Jesus”

Veja reflexões e ilustrações sobre Carnaval no site da Hermeneutica.

, , , , , ,