Sem Condenação

Às vezes vergonha é particular. Um cônjuge abusivo que passa de todos os limites. Molestado por um parente pervertido. Assediada por um superior manipulador. Ninguém mais sabe. Mas você sabe. E é suficiente. Às vezes vergonha é pública. Marcado por um divórcio que você não queria. Contaminada por uma doença que você nunca esperava. Quer seja em particular ou em público, vergonha sempre é dolorosa. E, a menos que você lide com isso, é permanente.

Em João 8:11 Jesus confronta a mulher que havia sido flagrada em adultério. Quando a multidão teria apedrejado, Jesus fala: “Aquele que não tem pecado seja o que atira a primeira pedra.” Quando todos saíram, Jesus disse, “Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado.”

A mensagem de Jesus é escrita não com Sua mão, mas com Seu sangue. Numa cruz. Permita que Ele fique ao seu lado. Escute com cuidado. Ele está dizendo. “Não o(a) condeno!”

Tradução por Dennis Downing
de “Ele Ainda Remove Pedras”

Está chegando a conferência do International Leadership Institute (ILI)
Veja mais detalhes:

, , , , ,