De Tesouros e Túmulos

[Duas reflexões especiais neste domingo de Páscoa 2021. Que seja um dia muito abençoado para todos os nossos leitores!]

“Então, o que devo fazer com Jesus”?

Pilatos perguntou primeiro, mas todos nós temos perguntado depois.

É uma pergunta justa. Uma pergunta necessária. O que é que você faz você com um homem assim? Ele se chamou de Deus, mas usou as roupas de um homem. Ele se chamou o Messias, mas nunca comandou um exército. Ele foi considerado como rei, mas sua única coroa foi de espinhos. Pessoas o veneraram como real, contudo seu único manto foi costurado com escárnio.

Não é de se admirar que Pilatos ficou confuso. Como você explica um homem assim?

Uma maneira é por uma caminhada. A caminhada dele. A última caminhada dele. Siga os passos dele. Fique na sombra dele. De Jericó até Jerusalém. Do templo para o jardim. Do jardim até o julgamento. Do palácio de Pilatos até a cruz de Gólgota. Olhe ele caminhando – indignado para o templo, cansado para Getsêmani, atormentado pela Via Dolorosa. E poderosamente para fora do túmulo desocupado… Leia o resto de “O Tesouro do Túmulo”.

Veja também a reflexão especial para a Páscoa “De Onde Vem a Fé?”

Max Lucado é o autor do devocional “Max Diário”, Copyright © 2021, Max Lucado. Traduções por Dennis Downing. Todos os direitos reservados. As citações bíblicas são da Nova Versão Internacional (NVI), da Sociedade Bíblica Internacional, salvo indicação em contrário.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Assine o Devocional
Max Diário

DEVOCIONAL DIÁRIO